With Borders

No Borders

20/09/2012

NEGÓCIOS COM EXPORTAÇÕES CRESCEM 51% NO ANO

Os negócios gerados com as exportações de produtos luverdenses para o mercado internacional somaram, entre janeiro a agosto, US$ 431,4 milhões, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O montante é 51,51% superior ao atingido no mesmo período do ano passado, que foi de US$ 284,7 milhões.
Somente em agosto, foram US$ 39,5 milhões na balança comercial, queda de 35,90% em relação a agosto de 2011, quando os negócios chegaram a US$ 61,6 milhões.
A soja, mesmo triturada e exceto para semeadura, lidera a lista de principais produtos exportados, com negócios que atingem a casa de US$ 261,1 milhões. Bagaços e outros resíduos sólidos da extração do óleo de soja aparecem em seguida, com US$ 68,3 milhões.
Óleo de soja bruto, mesmo degomado, é o terceiro produto da relação, com negócios que somam US$ 50,3 milhões. Já o milho em grão, exceto para semeadura, é o quarto, com US$ 39,2 milhões. A lista tem ainda a venda de algodão debulhado (US$ 6,6 milhões), outros grãos de soja (US$ 3 milhões) e outros.
A China é o principal destino, com US$ 243,2 milhões em negócios. Países Baixos (Holanda) é o segundo da relação, com US$ 24,4 milhões. Tailândia (US$ 22,8 milhões), Índia (US$ 21,3 milhões) e Espanha (US$ 19,7 milhões) também são destaques da lista que tem aproximadamente 30 destinos.

Importações


Cerca de US$ 16 milhões foram gastos, neste ano, por empresas e indústrias luverdenses na aquisição de produtos internacionais. Alta de 166,46% em relação ao mesmo período do ano passado. Insumos industriais são as principais compras.

Fonte: Só Notícias