With Borders

No Borders

26/09/2012

RONDONÓPOLIS: NEGÓCIOS COM MERCADO INTERNACIONAL CRESCEM 76%

As vendas de produções de Rondonópolis para o mercado internacional resultaram em negócios que atingiram a casa de US$ 916,6 milhões entre janeiro a agosto, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústrias e Comércio Exterior. Alta de 76,53% ante o mesmo período de 2011, quando foram US$ 519,2 milhões.
Somente em agosto, o montante contabilizado pelo ministério foi de US$ 128,8 milhões. Crescimento de 20,06% quando comparado com o mesmo período do ano anterior, quando a balança comercial registrou US$ 107,3 milhões.
Bagaços e outros resíduos sólidos da extração do óleo de soja lideram a lista de principais produtos enviados ao exterior, com negócios que atingem a casa de US$ 423,2 milhões. A relação é composta por 23 produtos e entre os destaques estão também a soja, mesmo triturada (US$ 170 milhões), algodão simplesmente debulhado (US$ 169,1 milhões), óleo de soja bruto, mesmo degomado (US$ 77,4 milhões), milho em grão (US$ 33,2 milhões), óleo de soja refinado em recipiente com até cinco litros (US$ 13,2 milhões) e em recipiente com mais de 5 litros (US$ 12,5 milhões).
A China é o principal destino das produções rondonopolitanas, com US$ 202,8 milhões. Em seguida aparecem países baixos (Holanda), com US$ 173,4 milhões. Na lista composta por pelo menos 30 destinos estão ainda Tailândia (US$ 98,4 milhões), Indonésia (US$ 66 milhões) e Coréia do Sul (US$ 50,2 milhões.

Importações


No mesmo período, empresas e indústrias instaladas em Rondonópolis gastaram US$ 534,2 milhões com aquisições de produtos internacionais. Queda de 17,62% ante os mesmos oito meses de 2011. Bens intermediários, como insumos industriais, lideram a relação.

Fonte: Só Noticias