With Borders

No Borders

28/09/2012

GRUPO LIBRA MARCA PRESENÇA NA ENAEX 2012

São Paulo, 28 de setembro de 2012 - O Grupo Libra participa pela primeira vez do Encontro Nacional de Comércio Exterior, o ENAEX 2012, evento do setor que promove palestras sobre comércio internacional, com autoridades do governo, líderes empresariais, e especialistas brasileiros e estrangeiros. Pedro Orsini, diretor geral da Libra Aeroportos, participará da mesa redonda “Encontro com os representantes de exportadores e importadores indicados pela AEB nos Conselhos da Autoridade Portuária - CAPs”. A 31ª edição do ENAEX ocorre esta semana, nos dias 27 e 28 de setembro, no Píer Mauá – Armazém 2, Porto do Rio de Janeiro, RJ.
Recentemente, o Grupo Libra anunciou que reforçará a integração entre suas diferentes áreas de negócios a partir de 2013. Com foco no Rio de Janeiro, pretende oferecer soluções de logística integrada que impactarão diretamente as empresas do setor de petróleo e gás que exportam e importam bens e equipamentos.
A primeira fase de expansão do terminal de contêineres da empresa no Rio estará concluída no primeiro trimestre de 2014. Nessa etapa, serão investidos R$ 220 milhões, distribuídos em R$ 170 milhões em obras civis, e R$ 50 milhões em equipamentos. Parte dos recursos será destinada à ampliação do terminal em até 40 mil metros quadrados, e à expansão da área do cais, de 545 metros para 665 metros de extensão. Na fase dois, está previsto mais 135 metros de cais e, por fim, uma nova área para armazenar contêineres com 55 mil metros quadrados será implantada. Nas fases dois e três, os investimentos devem chegar a R$ 340 milhões.
A estratégia de crescimento do Grupo Libra possui três diretrizes básicas, sendo uma delas a expansão dos terminais do Rio e Santos, e dos portos secos. Em Santos, a Libra investirá R$ 550,00 milhões para expandir o terminal de contêineres da empresa. Outro viés são as licitações de terminais portuários de contêineres, de novos portos secos e de aeroportos. Por fim, as fusões e aquisições também serão consideradas.
O resultado do plano será a duplicação da capacidade de movimentação do terminal da Libra no Rio, saltando dos atuais 315 mil TEUs (contêiner equivalente a 20 pés) para 630 mil TEUs, em 2014. Na fase final, que deve estar pronta em 2023, a movimentação deve atingir 948 mil TEUs por ano.
Grupo Libra-Um dos maiores players brasileiros em operação portuária e logística de comércio exterior e primeiro operador privado de contêineres no País, o Grupo Libra é um diversificado conglomerado empresarial com quase 70 anos de experiência e dividido em quatro unidades de negócios – Libra Terminais, Libra Logística, Libra Aeroportos e Libra Participações.
A Libra Terminais, uma das líderes de mercado de operação portuária, reúne as operações portuárias de importação e exportação de contêineres na Libra Terminais Santos e na Libra Terminais Rio. É responsável pela expansão e diversificação das atividades nos Terminais de Santos e Rio e pela construção de um novo terminal portuário em Imbituba (SC).
Já a Libra Logística dispõe de infraestrutura com centro de distribuição para o mercado interno e gerenciamento de transporte rodoviário e ferroviário e oferece soluções integradas para operações de armazenagem, movimentação, transporte, unitização e desunitização de contêineres para exportação e importação. É composta por unidades operacionais estrategicamente localizadas junto às principais rodovias e ferrovias da região sudeste, como a Libra Logística Campinas (porto seco), o Redex Libra Logística Cubatão (especializado em cargas frigorificadas) e o Redex multimodal rodo-ferroviário Libra Logística Valongo, em Santos, com capacidade, principalmente, para operar cargas especiais e de projetos.


A Libra Aeroportos é a mais nova unidade de negócios da companhia, oferecendo ao cliente da Libra uma malha intermodal completa e integrada aos demais negócios da companhia. O Grupo possui 60% das ações da Costa do Sol Operadora Aeroportuária, responsável pela operação do Aeroporto Internacional de Cabo Frio, que detém 33% das ações do Aeroporto de Angra dos Reis – ambos com grande importância para o desenvolvimento do turismo fluminense. O Aeroporto Internacional de Cabo Frio conta ainda com estrutura e capacidade para operar armazenagem alfandegada e geral de carga aérea ou marítima, além de funcionar como um importante apoio às plataformas offshore. A Libra Participações engloba negócios sob controle do Grupo Libra ou em associação com outras empresas, sendo o principal deles a Companhia de Navegação da Amazônia (CNA).

Fonte: Fator Brasil