With Borders

No Borders

15/10/2012

“BRASIL E EUA DEVEM COOPERAR PARA ENCONTRAR SAÍDA PARA CRISE”, DIZ PRAZERES

Brasília – “Não há saída para a atual crise, senão pela cooperação, e as duas maiores economias das Américas precisam trabalhar juntas, com parcerias no setor privado e governamental”, disse hoje a secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tatiana Lacerda Prazeres, durante a 30ª Reunião Plenária do Conselho Empresarial Brasil – Estados Unidos, realizada na sede da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Tatiana mencionou o fato de que, de janeiro a setembro deste ano, as exportações brasileiras para o mercado americano cresceram 11% em relação ao mesmo período de 2011. “Esse aumento merece destaque, uma vez que as exportações brasileiras totais registraram queda de 4,9% no período”, lembrou a secretária. A pauta de exportação aos Estados Unidos, nos nove meses do ano, foi composta, principalmente, por produtos industrializados (67,2%). Nesta categoria, o crescimento alcança 12,1% sobre 2011. Os principais produtos comercializados foram etanol, siderúrgicos, motores e geradores elétricos, celulose, autopeças, aviões, e máquinas e aparelhos para terraplanagem. Ainda sobre os avanços nas relações comerciais, Tatiana citou o reconhecimento da cachaça como bebida brasileira no mercado americano, acertado, neste ano, entre o MDIC e o Departamento de Comércio dos Estados Unidos. “Essa sinalização fez com que as vendas da cachaça brasileira disparassem, obtendo um crescimento de 60% em volume, neste ano, no mercado americano”, avaliou.

Fonte: MDIC