With Borders

No Borders

05/12/2012

TEIXEIRA: ECONOMIA AMADURECE COM INTERNACIONALIZAÇÃO DE EMPRESAS

O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Alessandro Teixeira, avaliou que a economia brasileira está em um processo de amadurecimento com a internacionalização das empresas brasileiras.
“Quando uma empresa se internacionaliza, em uma cadeia globalizada, em que existe uma concorrência mais acirrada, ela consegue absorver conhecimento, e esse conhecimento é transformado em capacitação para aumentar a competitividade”, disse Teixeira, durante o Encontro Nacional da Indústria, realizado hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).
Ele explicou que, a partir desta capacitação, a empresa começa a desenvolver adaptações aos seus produtos, o que leva a inovações incrementais e, posteriormente, a inovações radicais. “É assim que uma empresa se torna realmente competitiva”, concluiu.
O secretário também disse que é prioritário para o governo aumentar a competitividade, garantindo a concorrência e por meio de políticas públicas abrangentes, além de reforçar a defesa da indústria.
“Durante muito tempo, o Brasil não teve uma política industrial e de desenvolvimento da infraestrutura como tem hoje, com participação ativa da sociedade e do empresariado”, ressaltou Teixeira.
“A presidenta Dilma já deixou claro que é prioridade elevar a competitividade da indústria brasileira e que o grande ativo desta indústria hoje é o mercado interno. Então, nós não vamos titubear, em nenhum momento, em fazer a defesa da indústria”, acrescentou. 
“Quanto se defende a indústria, defende-se a geração de emprego, o desenvolvimento regional que nós precisamos. Quando se melhora a competitividade da indústria, se dá oportunidades para que surjam novas empresas e para que elas cresçam”, complementou o secretário, em painel assistido por empresários que participavam do evento.

Fonte: MDIC