With Borders

No Borders

10/12/2012

BRASIL EXPORTOU US$ 4,678 BILHÕES NA PRIMEIRA SEMANA DE DEZEMBRO

Brasília (10 de dezembro) – As exportações brasileiras, na primeira semana de dezembro, somaram US$ 4,678 bilhões, com média diária de US$ 935,6 milhões, nos cinco primeiros úteis dias do mês (1° a 9). Pela média, o resultado é 7% menor que o verificado em dezembro do ano passado (US$ 1,005 bilhão).
Neste comparativo, houve retração nas exportações de básicos (-11,1%), devido, principalmente, à soja em grão, minério de ferro, minério de cobre, petróleo e café em grão. Também houve queda nos embarques de produtos manufaturados (-7,8%), especialmente, de aviões, automóveis, aparelhos para terraplanagem, laminados planos, e motores e geradores elétricos. Por outro lado, cresceram as vendas de semimanufaturados (16,7%), em razão de alumínio em bruto, couros e peles, açúcar em bruto, celulose, ouro em forma semimanufaturada e ferro fundido.
Em relação a novembro passado (US$ 1,023 bilhão), as exportações caíram 8,6%, com diminuição nas vendas de produtos manufaturados (-13,6%) e básicos (-4,2%), enquanto que as transações de semimanufaturados se mantiveram estáveis.
As importações mensais somaram US$ 5,141 bilhões, com desempenho médio diário de US$ 1,028 bilhão. O valor ficou 23,5% acima da média de dezembro de 2011 (US$ 832,7 milhões), com aumento de gastos, principalmente, de farmacêuticos (80,2%), cobre e suas obras (73,8%), aeronaves e peças (53,2%), adubos e fertilizantes (47,1%), combustíveis e lubrificantes (37,4%), instrumentos de ótica e precisão (32,3%), e equipamentos mecânicos (27,8%). 
Na comparação com novembro deste ano (US$ 1,033 bilhão), houve queda de 0,5%. Foram reduzidas as despesas com combustíveis e lubrificantes (-18,7%), químicos orgânicos e inorgânicos (-13,1%), borracha e obras (-11,1%), aparelhos eletroeletrônicos (-6%), siderúrgicos (-4,7%), e plásticos e obras (-2,9%).
Com esses resultados, a balança comercial apresentou déficit de US$ 463 milhões no período, com média diária negativa de US$ 92,6 milhões. A corrente de comércio está em US$ 9,819 bilhões, com resultado médio diário de US$ 1,963 bilhão, superior em 6,8% ao de dezembro passado (US$ 1,838 bilhão) e inferior em 4,5% ao de novembro último (US$ 2,056 bilhões).
Ano
No ano, as exportações brasileiras alcançam US$ 227,510 bilhões, com média diária de US$ 964 milhões. Em relação ao resultado do período de 2011 (US$ 1,020 bilhão), registra-se queda de 5,5%. As importações, nos 236 dias úteis de 2012, somam US$ 210,788 bilhões, com desempenho diário de US$ 893,2 milhões. O valor está 1,5% menor que o verificado no ano passado (US$ 906,4 milhões).
O superávit no ano é de US$ 16,722 bilhões, com média de US$ 70,9 milhões. Verifica-se retração de 37,8%, na comparação com o valor referente ao período equivalente do ano passado (US$ 113,9 milhões). O intercâmbio comercial brasileiro no ano alcança US$ 438,298 bilhões, com resultado diário de US$ 1,857 bilhão. No período equivalente do ano passado, a média era de US$ 1,926 bilhão e, portanto, houve retração de 3,6% neste comparativo.

Fonte: MDIC