With Borders

No Borders

15/04/2014

EXPORTAÇÕES DO CENTRO-OESTE CRESCERAM 20% EM MARÇO

As exportações dos estados localizados na Região Centro-Oeste do Brasil cresceram de US$ 2,401 bilhões em março de 2013 para US$ 2,886 bilhões no mesmo mês de 2014, o que representa um aumento de 20,20% nas vendas externas da região. No período, as exportações do Centro-Oeste representaram 16,38% do total das transações brasileiras de venda (US$ 17,627 bilhões). Com importações mensais de US$ 979 milhões, o superávit regional foi de US$ 1,906 bilhão.



A Região Sudeste foi a que mais vendeu ao exterior (US$ 8,788 bilhões) em valores absolutos em março. As exportações da região foram equivalentes a 49,86% do total de embarques brasileiros no mês. Em comparação com o mesmo período de 2013 (US$ 10,662 bilhões), as vendas regionais tiveram retração de 17,58%. No mês, o Sudeste também teve o maior valor em importações (US$ 9,241 bilhões) e registrou déficit comercial de US$ 452 milhões.


A Região Sul exportou, no período, US$ 3,319 bilhões, o que representa 18,83% do total das vendas externas brasileiras. Em relação a março do ano passado (US$ 3,464 bilhões), houve queda de 4,20%. As importações regionais mensais foram de US$ 3,865 bilhões, o que resultou em saldo negativo de US$ 546 milhões.


As exportações da região Norte (US$ 1,363 bilhões) corresponderam a 7,74% das vendas externas do país no período. Houve retração de 5,30% em comparação com o resultado mensal regional de 2013 (US$ 1,440 bilhão). As importações da região, no período, totalizaram US$ 1,216 bilhão, com superávit de US$ 147 milhões.


Na Região Nordeste, as exportações totalizaram US$ 1,016 bilhão (5,77% do total Brasil), com queda de 9,66% em relação a março de 2013 (US$ 1,125 bilhão). As compras externas regionais foram de US$ 2,204 bilhões. O saldo da balança comercial, na região, teve déficit de US$ 1,187 bilhão.


Estados


O estado que mais exportou em março de 2014 foi São Paulo, com US$ 3,917 bilhões (22,22% das vendas brasileiras do período), com retração de 13,14% em comparação com o mesmo mês do ano passado (US$ 4,509 bilhões). Em segundo lugar ficou Minas Gerais, com vendas de US$ 2,388 bilhões (13,55% dos embarques nacionais) e redução de 6,79% em relação a março do ano anterior. Mato Grosso ficou em terceiro lugar entre os estados exportadores com US$ 1,580 bilhão (8,97% do total do Brasil), resultado 15,63% maior que o verificado no mesmo mês de 2013 (US$ 1,367 bilhão).


Os que mais compraram do exterior em março 2014 foram São Paulo, com US$ 6,535 bilhões (37,31% do total de importações brasileiras). Em relação a março de 2013 (US$ 6,503 bilhões), as importações paulistas cresceram 0,5%. O segundo lugar ficou com o Paraná, que importou, no mês, US$ 1,419 bilhão (8,10% do total do Brasil). Na comparação com as importações do estado em março do ano passado (US$ 1,695 bilhões), houve diminuição de 16,27%. A terceira posição ficou com o Rio de Janeiro (US$ 1,344 bilhão; 7,68% das importações nacionais no período). O estado registrou queda de 29,05% nas importações sobre as compras externas do mesmo mês do ano passado (US$ 1,895 bilhão).

Fonte: MDIC