With Borders

No Borders

16/03/2012

EXPORTAÇÕES DAS REGIÕES BRASILEIRAS SOBEM NO 1º BIMESTRE, APONTA MDIC

Com exceção da região Norte, as exportações das regiões brasileiras subiram até fevereiro deste ano, informou nesta sexta-feira o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic). No período, o Nordeste exportou US$ 3,44 bilhões, 10,08% das vendas totais do país (US$ 34,16 bilhões) e crescimento de 39,54%.
Em valores absolutos, a região Sudeste foi a que mais exportou entre janeiro e fevereiro deste ano (US$ 19,22 bilhões), com alta de 1,35% na comparação com o mesmo período de 2011 e participação de 56,27% sobre os embarques nacionais.
A região Sul vendeu US$ 6,12 bilhões, aumento de 14,99% sobre o mesmo período de 2011 e participação de 17,94% nas exportações brasileiras. Na região Centro-Oeste, o crescimento foi de 31,16%, com vendas de US$ 2,58 bilhões e participação de 7,56%.
Por sua vez, os embarques da região Norte (US$ 2,41 bilhões) corresponderam a 7,07% do total e apresentaram queda de 8,11% em relação ao ano anterior.


Importações


No primeiro bimestre deste ano, a região Nordeste registrou a maior expansão em comparação mesmo período de 2011 (50,77%), com compras no valor de US$ 3,857 bilhões. Em seguida, aparece a região Norte (+16,45% e US$ 2,41 bilhões), Sul (+9,66% e US$ 7,30 bilhões), Sudeste (+5,84% e US$ 18,36 bilhões – maior valor absoluto) e Centro-Oeste (+5,75% e US$ 1,78 bilhão).
No período, a região Sudeste teve o maior superávit, com US$ 1,41 bilhão, seguida pelas regiões Centro-Oeste (US$ 407,4 milhões), Norte (US$ 95,1 milhões) e Nordeste (US$ 56,4 milhões). Já a região Sul contabilizou déficit de US$ 392,5 milhões no acumulado do ano.


Estados


Nos primeiros dois meses de 2012, o estado de Minas Gerais apresentou o maior superávit na balança comercial, com US$ 1,82 bilhão, seguido por Rio de Janeiro (US$ 1,39 bilhão) e Pará (US$ 407,4 milhões). Já os estados mais deficitários foram São Paulo (US$ 1,98 bilhão), Amazonas (US$ 916,5 milhões) e Maranhão (US$ 560,01 milhões).
Já o maior exportador entre os estados brasileiros foi São Paulo (US$ 7,78 bilhões), seguido por Minas Gerais (US$ 4,98 bilhões) e Rio de Janeiro (US$ 4,68 bilhões). Nas importações o estado de São Paulo foi o que mais fez compras no exterior, com US$ 12,4 bilhões, seguido por Paraná (US$ 3,03 bilhões) e Rio de Janeiro (US$ 2,51 bilhões).

Fonte: Ultimo instante.