With Borders

No Borders

04/06/2012

BRASIL INCENTIVARÁ PESQUISA E FABRICAÇÃO DE VEÍCULOS HÍBRIDOS

O governo brasileiro vai incentivar a fabricação e a pesquisa tecnológica do carro híbrido (movido a etanol e a energia elétrica) no Brasil. “Não basta apenas produzir. Queremos um centro de pesquisa no Brasil”, disse o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, durante reunião com o CEO da montadora Hyundai, Chung Mong-Koo, na semana passada, em Seul, na Coréia do Sul.
Para permitir a transferência de tecnologia, Pimentel defendeu que essa pesquisa seja feita em associação com empresas brasileiras de pequeno e médio porte. Ao ministro, Chung Mong-Koo reafirmou o compromisso de "produção e desenvolvimento tecnológico no Brasil".
O estimulo à pesquisa vai ao encontro do previsto no novo regime automotivo, que vai vigorar entre 2013 e 2017. As empresas que investirem em pesquisa e desenvolvimento do carro híbrido no Brasil terão direito à redução de um ponto percentual no IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). Além disso, o governo estuda medidas de estímulo ao uso de carros movidos a etanol e energia elétrica.
Nas últimas semanas, o ministro Pimentel conversou com montadoras asiáticas sobre a tecnologia e as vantagens do carro híbrido. Ainda no Brasil, esteve com CEOs da Toyota e da Nissan. Na viagem à Ásia, tratou do tema com a Mitsubishi e a Nissan.
As quatro empresas detêm a tecnologia, mas mantêm os estudos de aperfeiçoamento de baterias para aumentar seu tempo de uso e a autonomia dos veículos.

Fonte: Portal Comex & Cia.