With Borders

No Borders

17/06/2012

CDH CONTINUA DISCUSSÃO DE BARREIRAS IMPOSTAS PELA ARGENTINA A PRODUTOS BRASILEIROS

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) realiza nesta segunda-feira (18) mais uma audiência pública sobre as barreiras protecionistas impostas pela Argentina aos produtos brasileiros. De acordo com o presidente da comissão, senador Paulo Paim, as restrições comerciais impostas pelo governo argentino ultrapassaram o limite do tolerável e violam acordos do Mercosul e regras da Organização Mundial de Comércio (OMC).
Na primeira parte do debate, realizada na última terça-feira (12), representantes de indústrias do Rio Grande do Sul afirmaram que o governo brasileiro tem sido fraco nas represálias ao governo argentino e cobraram uma posição mais firme contra essas barreiras. Eles relataram prejuízos à economia do Brasil devido às medidas unilaterais adotadas pelo país vizinho.
Na segunda parte do debate, participarão da mesa a secretária de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Tatiana Lacerda Prazeres; os presidentes do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita, Paulo Chitolina; do Sindicato dos Metalúrgicos de Santa Rosa, Janir César Morais Lino; da Central Única dos Trabalhadores do Rio Grande do Sul, Claudir Nespolo; da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Rio Grande do Sul, Valter Souza; da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação do Rio Grande do Sul, Cairo Fernando Reinhrtt; da Federação dos Metalúrgicos do Rio Grande do Sul, Flávio José Fontana de Souza; e o presidente em Exercício da Força Sindical do Rio Grande do Sul, Walter Fabro.
A audiência está marcada para as 9h, na sala 2 da Ala Nilo Coelho.

Fonte: CenárioMT.