With Borders

No Borders

29/06/2012

PLANO BRASIL MAIOR ESTIMULA A ECONOMIA INTERNA

Em mais uma ação do Plano Brasil Maior para estimular a economia e a indústria brasileira, a presidente Dilma Rousseff anunciou um adicional de R$ 6,6 bilhões de reais para compras governamentais nas áreas da saúde, defesa, educação e agricultura. Somados ao valor já previsto no orçamento deste ano, o governo terá R$ 8,4 bilhões disponíveis para compra de produtos prioritariamente fabricados no Brasil.
“O poder de compra do Estado é um dos instrumentos fundamentais para estimular a economia, garantir empregos e gerar renda”, destacou a presidenta durante cerimônia no Palácio do Planalto. Ela destacou que o uso das compras governamentais é consagrado como um dos mecanismos aceitos para garantir a sustentação do crescimento econômico e citou exemplos de políticas semelhantes nos Estados Unidos e China.
Para o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, as compras do governo também incentivarão investimentos no país, além de contribuir para o desenvolvimento de cadeias produtivas inteiras. Ele explica que ao adquirir um ônibus, por exemplo, o governo não pensa apenas no fabricante do produto, mas em todo o segmento que será beneficiado.
O valor adicional que será utilizado nas compras do governo será liberado por meio de Medida Provisória, assinada hoje pela presidenta. O anúncio, que incluiu outras medidas de incentivo à economia, foi feito dentro do programa “PAC Equipamentos - Programa de Compras Governamentais\".

Fonte: Comex&Cia.