With Borders

No Borders

21/08/2012

EXPORTAÇÕES CRESCEM 75% E ATINGEM US$ 391 MILHÕES

Os negócios gerados com as vendas produtos industrializados em Lucas do Rio Verde para clientes no mercado internacional atingiram US$ 391,8 milhões de janeiro a julho, 75,68% a mais em relação ao mesmo período do ano anterior, quando o montante somou cerca de US$ 223 milhões. Somente em julho, foram US$ 53,9 milhões em comercializações, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, 75,26% a mais ante o mesmo mês em 2011.
A venda da soja, mesmo triturada e exceto para semeadura, resultou em US$ 259 milhões em negócios. Cerca de 66,11% do valor total. Bagaços e outros resíduos sólidos da extração do óleo de soja aparecem em seguida, com US$ 53,4 milhões. Na lista há ainda a exportação de milho em grão, exceto para semeadura (US$ 23 milhões); algodão simplesmente debulhado, não cardeado nem penteado (US$ 5,4 milhões); outros grãos de soja mesmo triturados (US$ 3 milhões); glicerol em bruto (US$ 1,9 milhão) e algodão não debulhado (US$ 435,4 mil).
A China é o principal destino das produções de Lucas do Rio Verde, com negócios que atingem a casa de US$ 237,6 milhões. Países Baixos (Holanda) aparecem em seguida, com US$ 24,4 milhões. Entre os destaques estão também a Índia (US$ 21,3 milhões), Espanha (US$ 18,3 milhões) e Japão (US$15,6 milhões). A relação é composta, ao todo, por pelo menos 27 localidades.

Importações

As empresas e indústrias instaladas em Lucas gastaram US$ 15,9 milhões com produtos importados de janeiro a julho, como máquinas e aparelhos e outros. Cerca de 165% a mais ante o mesmo período de 2011.

Fonte: Só Notícias.