With Borders

No Borders

03/09/2012

FLUXO DO COMÉRCIO ENTRE ARGENTINA E BRASIL CAI 10,7%

O fluxo comercial entre o Brasil e a Argentina caiu 10,7% em agosto, na comparação com o mesmo mês do ano passado. As exportações argentinas para o mercado brasileiro cresceram quase na mesma proporção, 10,1%, segundo a consultoria argentina Abeceb, com base nos números divulgados nesta segunda-feira (3) pelo Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). "Esse comportamento está explicado exclusivamente pela queda das importações argentinas, já que as vendas ao Brasil cresceram com os maiores embarques de trigo", diz relatório da consultoria.
A retração do comércio bilateral no último mês foi menor do que nos meses anteriores, como julho, quando ele retrocedeu 20,8%, ou em junho, cujo retrocesso foi de 32%. A balança comercial de agosto teve um desempenho negativo para a Argentina de apenas US$ 86 milhões, o que implica uma contração de 89% do déficit desse país com o Brasil. No acumulado do ano, o déficit argentino é de US$ 1,717 bilhão, 54% abaixo dos US$ 3,730 bilhões verificados no mesmo período de 2011. As vendas brasileiras ao mercado argentino caíram 24,3% (a US$ 1,669 bilhão) no último mês.

Fonte: Agência Estado